terça-feira, 12 de novembro de 2013

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Eu reflito você.







"Já vi estrelas demais
e ainda estou sem saber
Se escurecer faz gear
como me faz sofrer..."

Jorge Vercillo - As árvores





Eu perguntei.
Eu me interessei.
Eu implorei. Sem palavras.
Eu me importei várias vezes.
Eu chorei.
Eu quis sabe?

Você me podou e abdicou o direito ao meu amor.  O direito de ser meu referencial. O direito de ser meu. O direito de me chamar de sua.

Sabe que eu tinha o maior orgulho quando você me chamava de sua? Eu me sentia importante!

Em algum momento vi que era quimera. Miragem.

E como bruma era, desvaneceu-se. O sol brilhou. O dia se fez claro, límpido e lindo!

Aí hoje você cobra. Juro que tento, mas tô tão acostumada a manter escondido que agora parece involuntário.

Não é que não te ame.
Não é que não te queira por perto.
Não é que não importe.

É que sou reflexo teu.  E este reflexo... Ficou sem ação. Inerte. Inapto.

Hoje, de verdade, não importa a culpa. O sol brilha. Descanse e viva. aproveite o calor e a luz.

Eu sou um pouco você. Eu sou muito você. Isso é moeda. Ying yang. Cara e coroa. Bom e ruim.

Não jogue sobre mim o teu olhar ressentido e injustiçado.  Olhe pra si. Olhe pra mim. Olhe pra nós.

Comamos a compota do fruto que semeamos outrora. Ônus e bônus. Não há culpa. Só consequências.  Lidemos com elas da melhor maneira possível.


Solto numa manhã modorrenta de junho de 2013.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

LG: da proxima vez evita a gafe e chama alguém que saiba fazer uma promoção.



Redes Sociais. Nunca antes foram tão cobiçadas pelas empresas. A barraquinha de cachorro quente quer ter uma fan page.
Este é o cenário ideal para a proliferação da picaretagem.  Se fazer uma página no Facebook é grátis, porque um profissional cobra tão caro pra executar esta simples tarefa que não leva nem 5 minutos?

Engajamento. Esta é a resposta. É como no deserto. Quem sabe o caminho das dunas pode te guiar, mas e se o vento mudar a duna de lugar? Não basta conhecer o caminho(estratégias que deram certo algum dia). É preciso conhecer o deserto. Isso inclui conhecer o clima e as intempéries, conhecer as precauções  a tomar para não sair ferido na viagem e um tanto mais de coisas. Não é só pegar um jipe e se aventurar.

Sim todos se comunicam. Mas será que todos conseguem engajar? Duvido.  Para isso é preciso técnica e um bom senso de aventura. É preciso saber planejar em um campo minado  e se preparar para o inesperado.

Isso é o básico. Aprendi quando estava no primeiro semestre da graduação. Ao que parece, isso me faz estar aqui criticando (ao vento)  sobre uma promoção (coisa que eu também aprendi a fazer. E bem).


A promoção e minha suposição:


Acho que foi a promoção com a pior mecânica e divulgação que já vi. O slogan: " é simples matar a saudade de Thiaguinho". Simples pra quem cara pálida? 


Posso até imaginar o que houve. Era pra ser uma promoção que anunciasse o LG Optimus L3. Só que na mídia não tinha nada previsto para as redes sociais. Aí o cliente exigiu e bem, a mente não deve funcionar muito depois de horas de trabalho.  Tudo é refeito às pressas e  o que era pra ser uma promoção maravilhosa se torna uma bomba-relógio.


O cenário é:  um aparelho perfeito, um astro teen no auge e com uma legião de fãs. Qual a primeira idéia? "Vamos juntar os dois!".


Já dizia meu professor: descarte a primeira. Pense de novo e de novo. Aceite apenas a terceira ou a quadragésima idéia. 


Neste caso não foi assim. Eles pegaram e pimba. Fizeram merda. 


É simplesmente impossível participar da promoção.  Motivo: você não sabe as instruções de participação(que em tese estariam disponíveis para todos). Só o Indiana Jones saberia. 

Até que queria ganhar o LG Optimus... Mas nossa, nem consegui saber como participar!

Você vê um link patrocinado no Facebook e clica. É direcionado a uma fan page da LG. Primeiro passo: curtir (estas coisas que tentam te obrigar a curtir algo é tosco. Especialmente quando posso ver o conteúdo sem curtir...)

Depois manda ver um vídeo que é chato (eu só quero o celular!). Adiantei o vídeo e  na hora das instruções... Thanrannnnnn! Dá o link de uma página pra você visitar e saber                              como participar.

Rei, precisa ter a síndrome da perseverança pra copiar o endereço(que nem é fácil -  ou você que não é fã sabia que o nome de Thiaguinho é com H?), e ir lá saber as benditas instruções.

E aí quando vc copia a porra do endereço... Tá fooooooora do ar.

Você vai no youtube pra ver o endereço correto e é direcionado pra fan page!

Morri.  Rei, é a pior mecânica desde a chuva de Twix. Sério.

Daí você sente algo estranho no ar e vai ver a página( a esta hora da noite, depois de um São João... vc pode ser a burra que não viu as instruções ali bem na cara). E descobre que tem um monnnnnnnnnte de gente que também nem sabe como participar.

Aí você fica aliviada por no mínimo não ser a única burra do universo, desiste de participar desta droga de promoção maluca e compra um Galaxy, só de revolta( Ok, a parte do Galaxy foi piada. =P )

Porra, é a anti-promoção!

LG, eu quero seu celular. Ele é ótimo, eu tenho a primeira versão. Até gosto do Thiaguinho... Só que detesto me sentir incompetente. E sua promoção me deu esta impressão...

Não que eu já não tenha me sentido assim antes. Eu fui obrigada a assistir aula de Física e Química orgânica. Taí. Sua promoção é como Química Orgânica.  Só que diferente das aulas, eu não sou obrigada a ver seu vídeo tosco, curtir sua página horrenda e desinteressante e ainda me sentir idiota por não entender nada.

Saí do Ensino Médio dizendo que nunca mais estudaria Química Orgânica NA VIDA.  Sua promoção foi promovida a uma equação química inexplicável.  Tchau.

Quando você quiser fazer uma promoção legal,  ME CONTRATE. Gosto da marca, tenho até as mesmas iniciais!

Dicas grátis:

1- Pra atingir seu público, tenha um conteúdo interessante. Interessante mesmo. Não fica atraindo fã com promoção. Existe a possibilidade de descurtir a página. Não enrola tá?

2- Quando investir em um garoto propaganda que tenha apelo junto às massas, não deixa ele aparecer mais que a tua promoção. Não é o Thiaguinho que está em promoção, é o celular. Deixa pra fazer isso quando lançar um produto péssimo que precisa de uma estrela pra alavancar as vendas.

3- Coloque um texto interessante  para quando as pessoas forem compartilhar seu link.  Isso é publicidade gratuita. Colocar um texto enorme e sem sentido(com quantidade de caracteres inadequada) só faz queimar mais ainda sua imagem.

Tem mais. Muito mais... Só que  não gasto minhas dicas elementares com empresa que escolhe agência sem noção.


Tô aí na vida. Quiser me contratar eu tô aqui. ;)

Passeia com o papai... [Ou da responsabilidade que é colocar um ser no mundo]




"Passeia, passeia com o papai
Passeia, passeia com o papai
Põe o pé na grama e vai
Põe o pé na areia e vai...

Vamos passear pois lá fora tudo está esperando  por você
Vamos aproveitar que o sol já vai brilhar pra poder te aquecer
O papai te leva pra dar um alô pro dia
E o bebê começa a cantar a melodia...
Vamos ao parque, vamos à praia, ou a qualquer lugar?
Ver a natureza é uma beleza
E o papai vai te levar pra passear..."





Esta música é parte de “Grandes Pequeninos”, projeto do cantor e compositor Jair Oliveira em parceria com sua esposa a atriz Tânia Khalill.

Trata-se de um cd+livro que virou um espetáculo lindo de ver. Assista. Tudo é de uma sensibilidade e bom gosto indescritíveis. Tem que ver.   

Lá está retratada, dentre outras coisas, algo sublime: o pai levando a filhinha bebê pra passear e desvendar o mundo. As pequenas coisas. "Olha, uma borboleta! O sol! Uma pessoa!" Tudo é descoberta. 

Um bebê esperado é uma benção. Sabe quando o pai fica bobo? 

Um dia acreditei que este herói poderia  voar. Que ele era alto, grande e forte. Que poderia secar meu choro só com um sopro.  Acreditei que tinha poderes mágicos, sobrenaturais.  Cheguei a ameaçar meus opressores: você vai ver quando ele chegar! 

Mas ele nunca chegou. Ele não era um herói. Ele nem ao menos queria ser pai. Foi uma imposição. Algo imperativo, como conta de telefone. Conectou a internet? Tem que pagar darling. Não há opção. 

Isa. filhinha de Jair e Tânia. Abençoada seja você, fruto de uma união feliz e não semente do acaso inesperado e indesejado. 

A prece do dia é: que nenhum filho seja acidente. Nunca. 

Que todos aprendam a andar de bicicleta, que nunca chorem por ter recebido desdém em troca da gravata de papel que levou horas colorindo(e que estava torta e mal pintada), que possam ter com quem aprender a gostar de futebol.  

O superpoder de um pai não é voar, cuspir fogo ou raios congelante. É estar presente. É dar segurança. É o superpoder do "pode contar comigo".


Que todas as filhas(e filhos) possam  sair por aí pondo o pé na grama e ouvindo um "vai!" do seu pai.

Amém.




segunda-feira, 30 de abril de 2012

Isso e muito mais você só vai encontrar no Pará!


Há alguns anos, eu estava em Belém. Todos dançavam, menos eu. 

Um senhorzinho que distribuía poesias veio pra mim e perguntou o motivo de eu estar parada. Respondi a ele que não sabia dançar aquilo.

Ele sorriu, disse que nasci pra dançar. Mandou que eu sentisse a música e dancei! Nunca rodei tanto na vida.

Dançar é isso: conexão mágica entre você e o ritmo.

Sim, posso sentir o cheiro da terra molhada.

As gotas de meu suor descendo.

A textura de madeira no chão.

Posso ver o teto de palha. Foi surreal.

Obrigada moço, por me dizer que posso dançar aquilo e tudo o mais.


Aquilo, era isso, CARIMBÓ!

domingo, 29 de abril de 2012

Novos alvos...




Novos Alvos

Paula Lima


Sempre chega um dia na vida
Chove um outro ponto de vista
Outra porta, outra esquina
Pra me encontrar
Por mais que eu perceba as saídas
Dúvidas são sempre bem-vindas
Estou esperando notícias
De outro lugar
Cansei de olhar espelhos de agora
Vou mirar novos alvos, me solta
Tempo que escorre agora e eu vou, eu vou
Cansei de olhar espelhos
Quero um olhar inteiro e vou
De outro lugar me vejo
Por outra saída eu vou
Quem viver verá meus sonhos
Mudando todos os planos
E voltando pro mesmo lugar



é isso...

Eu sei do que preciso pra ficar bem. Novos alvos.

Sou movida a desafios, a adrenalina. A monotonia me deprime. 

Preciso de novos alvos. Até que os tenho, enfim. Ainda preciso de arcos e flechas adequadas. 

A construção de tais armas é demorada, exaustiva e cansativa. 

Por vezes penso que nunca vou desistir.  Daí lembro de Jesus: "No mundo tereis aflições mas tende bom ânimo. Eu venci o mundo".  

Fé. É a fé em um novo amanhecer qeu me mantém em pé. Minha fé é uma chama de tocha olímpica.  Trepida no vento, mas não apaga. 

Sigo. Sigo com a certeza que preciso e vou mudar.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

...



Acordei pensando naqueles filhotinhos de cachorro que vi no lixo. Deu vontade de fazer muita coisa. Eram 3 alegres cachorrinhos. 

Eu segui. A minha vida seguiu. E a deles? Nem sei.

Espero que a mão de Deus nunca falhe frente a um inocente. E que aqueles cachorrinhos tenham tido uma vida feliz apesar de minha omissão.

Infelizmente, naquele momento eu nada podia fazer. Mas... Penso nisso até hoje.